Já não era sem tempo

20/06/2009

Escrever um texto inaugural é sempre difícil. Seja para o começo de um livro, de uma matéria, de um trabalho acadêmico ou de um blog, é o momento crucial do “ou vai ou racha”. Pois bem, rachou! Esse post marca o nascimento do Imagem paginada, letra sustenida, meu primeiro filhote no mundinho virtual. Bem, até tive outro antes… mas abafa, não vem ao caso.

Para quem tem me cobrado a criação desse espaço e também para outros leitores que por ventura passarem por aqui, digo sem delongas que o melhor é não criar expectativas (inclusive preciso dizer isso para mim mesma!). Oras, desfaçam essas caras feias, explico: sem elas, não há pressões e nem decepções. Assim, se por acaso pintar coisa boa por aqui, será lucro – para mim e para vocês.

Estou feliz em dar esse passo. Parece pouco, mas fazer algo sem pensar em formatos, datas e outras definições é bastante coisa para uma geminiana metida a perfeccionista.

Espero vê-los sempre por aqui. Até!

Anúncios